Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Municípios Histórico dos municípios alagoanos Histórico de Joaquim Gomes

Histórico de Joaquim Gomes

Histórico, Gentílico e Formação Administrativa do município de Joaquim Gomes - Alagoas.

Histórico

A origem do município de Joaquim Gomes está ligada a um antigo engenho São Salvador, pertencente a José Correia de Araújo Barros. Com o passar do tempo, o engenho foi transferido para Joaquim Gomes Silva Rêgo, um major da guarda nacional. Sua primeira providência foi mandar determinar a construção da igreja de Nossa Senhora da Conceição, na época, padroeira da localidade.

O topônimo primitivo de Joaquim Gomes foi Urucu, nome de uma fruta da região. Antes da colonização também habitavam as terras os índios Urupês. Dessa tribo restaram apenas algumas antigas tradições mantidas até hoje na aldeia Cocal.

A prosperidade da pequena vila levou alguns senhores de engenho a iniciarem a luta pela emancipação, destacando-se Osmário Gomes da Silva Rêgo que, aliado a Luiz de Aguiar Pessoa, comandou um grande movimento.

Eventos: Emanicipação Política (25 de agôsto), festa do Padroeiro São Sebastião (20 de janeiro), carnaval e festejos juninos. Como apreciação turística é a cachoeira no sítio Canto.

O sustentável econômico do município é a pecuária, cana-de-açúcar e culturas de subsistências.

Localização: Situa-se na Microrregião da Mata Alagoana, sendo seus limites: Colônia Leopoldina; Matriz de Camaragibe; Flexeiras; São Luiz de Quitunde; Passo de Camaragibe; União dos Palmares; Ibateguara; Messias; Branquinha e Murici.

A Lei 2.468, de 25 de agosto de 1962, deu autonomia administrativa ao município com a mudança do nome, que passou a ser o de seu fundador, Joaquim Gomes. O então governador Luiz Cavalcante foi pessoalmente à cidade assinar a lei concedendo a emancipação política ao município, desmembrando-o de Passo de Camaragibe.

Gentílico: juruquense ou joaquiense

Formação Administrativa

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no município de Passo de Camaragibe o distrito de Urucu.

Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o distrito de Urucu , figura no município se denomina Camaragibe ex-Passo de Camaragibe.

Pelo decreto-lei estadual nº 2361, de 31-03-1938, Camaragipe voltou a denominar-se Passo de Camaragibe.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Urucu, figura no município Passo de Camaragibe ex-Camaragibe.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Joaquim Gomes, pela lei estadual nº 2468, de 25-08-1962, desmembrado de Passo de Camaragibe. Sede no atual distrito de Joaquim Gomes ex-Urucu. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-09-1962.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

Urucu para Joaquim Gomes alterado, pela lei estadual nº 2468, de 25-08-1962.

Fonte: IBGE

Ações do documento