Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Municípios Histórico dos municípios alagoanos Histórico do município de Jundiá

Histórico do município de Jundiá

Histórico, Gentílico e Formação Administrativa do município de Jundiá - Alagoas.

 

Histórico

Jundiá tem suas primeiras escrituras registradas em Olinda, Pernambuco. Antiga vila de Jundiá, assim foi denominada por causa da grande quantidade do peixe do mesmo nome no rio Manguaba. A colonização começou a partir de uma propriedade de Gregório e Vitoriana Alves e mesmo com poucas casas, Jundiá garantiu seu progresso por causa da estrada de Palmares, em Pernambuco e da expansão da lavoura canavieira.

Em 1860, quando Dom Pedro II viajou a Colônia Leopoldina também passou pelo município, doando algumas terras da Coroa a moradores da região.

Entre os pioneiros responsáveis pelo desenvolvimento do povoado estão José Alves de Lima, Francisco Carlos de Oliveira, Joaquim Carlos e Pedro Alves. Antonio Buarque abriu as primeiras lojas, formando o comércio na região. Em 1926 foi construída a primeira igreja pelo padre Francisco Gerardi, em louvor à padroeira do município, Nossa Senhora da Conceição.

O movimento pela emancipação política do município começou por volta de 1954. Tertuliano Turíbio de Araújo e João Batista de Moraes foram líderes. Em agosto de 1960, Jundiá foi emancipado de Porto Calvo e o município instalado em 1961.

Jundiá tem na tradição folclórica seu maior acervo, num resgate permanente a folguedos como o reisado e o guerreiro, que manifestam a cultura popular. A crença e fé em Nossa Senhora da Conceição também atrai muitos visitantes à festa de sua padroeira. O clima festivo do município e de sua população, porém, chega ao auge no mais novo evento da cidade, o Jundiá Fest, um carnaval fora de época (no início de março), que já faz parte do circuito estadual de micaretas.

Gentílico: jundiaense

 

Formação Administrativa

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no município de Porto Calvo o distrito de Jundiá.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Jundiá, pela lei estadual nº 2292, de 26-08-1960, desmembrado de Porto Calvo. Sede no antigo distrito de Jundiá. Constituído do distrito sede. Instalado em 19-01-1961.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

 

Fonte: IBGE

Ações do documento