Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Municípios Histórico dos municípios alagoanos Histórico do município de Roteiro

Histórico do município de Roteiro

Histórico, Gentílico e Formação Administrativa do município de Roteiro - Alagoas

Os índios Caetés eram os primeiros habitantes da região, por volta de 1853. A primeira moradora, Francisca de Albuquerque instalou anos depois o sítio Livramento, construindo também - em 1900 - a primeira capela, em louvor à Nossa Senhora do Livramento.

O primeiro recenseamento do local foi realizado em 1912 por João Gomes, José Balbino e Mandu Araújo. O povoado teve seu nome mudado para Roteiro logo depois pelos moradores, que acreditavam que os jesuítas descobriram, no local, o "roteiro" de Dom Pero Fernandes Sardinha, devorado pelos índios na região.

Depois de ver o povoado sendo transformado em vila, o padre Júlio de Albuquerque, da então freguesia de São Miguel dos Campos, decidiu vender o patrimônio de Nossa Senhora do Livramento - doado por Francisca de Albuquerque à santa antes de sua morte para Antonio Martins Moreira, que o revendeu, fazendo-o passar por muitos donos.

A emancipação política chegou através da Lei 2.648, em 18 de dezembro de 1963, sendo instalado definitivamente apenas em 1966. Os principais líderes do movimento foram: Nemésio Gomes da Silva, Abelardo Lopes e Diney Torres.

O município possui hoje uma das maiores atrações turísticas de Alagoas: a praia do Gunga, uma ponta de areia branca, cheia de coqueiros, que une as águas do Oceano Atlântico com as do rio São Miguel. É o local ideal para a prática de esportes náuticos. Roteiro tem ainda uma culinária exuberante, com a fartura de sururu, maçunim e ostras, retirados diretamente das lagoas. Uma visão deslumbrante do local tem-se do Mirante Gutemberg Breda (na AL-101 Sul), de onde se avista toda a extensão do coqueiral da Praia do Gunga e das praias e arrecifes da Barra de São Miguel. Afora as atrações naturais, as festas da padroeira e da emancipação atraem também muitos visitantes.

Gentílico: roteirense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Roteiro, pela lei estadual nº 2648, de 18-12-1963, desmembrado de São Miguel dos Campos. Sede no atual distrito de Roteiro ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-01-1966.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

 

Fonte: IBGE

Ações do documento