Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2010 04 Nas cores do maracatu
29/04/2010 - 17h56m

Nas cores do maracatu

Coletivo Afrocaeté representa Alagoas numa das principais festas da cultura popular do Nordeste, com apoio da Secretaria de Estado da Cultura

Renato Medeiros

Colaborador

 

Todo 1º de maio a Praia do Paiva, localizada no Cabo de Santo Agostinho (PE), abriga a Festa da Lavadeira, considerada uma das maiores festas da cultura popular do Nordeste e também patrimônio de Pernambuco. Em sua 24ª edição, o evento irá reunir 48 atrações. Com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Alagoas será representada pelo Afrocaeté, coletivo de maracatu.

 Das 10h às 21h deste sábado, a movimentação será grande nos quatro palcos que serão montados na Praia do Paiva. Em cena, grupos de maracatu, coco de roda, ciranda, caboclinho, pastoril profano, entre outros. Mas a festa não ficará apenas nos palcos. Haverá cortejos desses grupos pelas ruas da cidade.

O coletivo Afrocaeté, formado no início de 2009, também levará o Boi Excalibur e Chau do Pife. A iniciativa faz parte da postura que o coletivo adota de apoiar outros nomes da cultura popular de Maceió, como o maracatu Nação a Corte de Airá, do Sítio São Jorge; o Núcleo Cultural da Zona Sul, do Vergel do Lago; e Quintal Cultural, da Cambona.

Este é o segundo ano que o Afrocaeté representará Alagoas na Festa da Lavadeira. Em 2009, a Secult também apoiou a ida do grupo. O convite foi feito diretamente por Eduardo Lages, organizador do evento. “Quando ele soube do surgimento do coletivo tratou logo de chamar a gente para representar Alagoas na Festa e nós aceitamos”, afirma Vanessa Elisa, uma das integrantes do Afrocaeté.

Ao todo, dois ônibus levarão a delegação alagoana ao Cabo de Santo Agostinho. No primeiro, irão os grupos que subirão ao palco; já o segundo, é destinado aqueles que desejam conhecer a festa. Os interessados em participar da excursão podem fazer reservas pelos números (82) 8808-9693 e (82) 9920-2007. O custo da viagem é de R$ 45,00 (ida e volta). A saída está marcada para as 6h, na Praça Sinimbu, Centro.

Ações do documento