Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2012 12 Governador decreta luto oficial pela morte de Lêdo Ivo
26/12/2012 - 09h40m

Governador decreta luto oficial pela morte de Lêdo Ivo

Escritor e poeta, imortal da Academia Brasileira de Letras, Lêdo Ivo morreu neste domingo, na Espanha, aos 88 anos

Agência Alagoas

O governador Teotonio Vilela Filho decretou luto oficial de três dias pela morte do escritor alagoano e imortal da Academia Brasileira de Letras Lêdo Ivo, ocorrida na madrugada deste domingo (23) na Espanha. O escritor tinha 88 anos.

Em seu Twitter, o governador Teotonio Vilela falou sobre o legado do escritor alagoano à literatura. “Lêdo Ivo é uma referência de sensibilidade poética e de visão do mundo com o olhar do coração e da alma; suas obras extrapolaram as fronteiras do Brasil, com publicações em vários idiomas. Lêdo está no mesmo patamar de Aurélio Buarque de Holanda, Pontes de Miranda, Graciliano Ramos e Rachel de Queiroz. Ele deixa um legado inestimável para a literatura brasileira. Estou decretando luto oficial no Estado por três dias, externando meus sentimentos de pêsames aos seus familiares e amigos”.

Na manhã deste domingo, familiares do escritor informaram que ele morreu na cidade espanhola de Sevilha. A família está tratando dos trâmites para o traslado do corpo para o Brasil. O escritor deve receber homenagens no Rio de Janeiro, onde morava, e em Maceió, onde nasceu em 18 de fevereiro de 1924.

Em 2009, o Governo de Alagoas homenageou o escritor com a Comenda do Mérito da Repúlica Marechal Deodoro da Fonseca, junto a outras personalidades que contribuem para a história de Alagoas e do Brasil. Em 2010, o Governo criou o Memorial Lêdo Ivo, instalado no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa), antiga sede do Governo de Alagoas. Inaugurado em solenidade festiva com a presença do escritor, o espaço guarda informações sobre sua vida e sua obra, além de imagens e objetos cenográficos que se reportam a aspectos antológicos de sua criação.

O memorial é aberto à visitação às terças e quintas-feiras, das 8h às 17h, às quartas-feiras, das 14h às 21h e aos sábados, domingos e feriados das 14 às 17h. A entrada é gratuita.

Legado

Jornalista, poeta, romancista, contista, cronista e ensaísta, Lêdo Ivo foi eleito no dia 13 de novembro de 1986 para a Academia Brasileira de Letras, onde ocupou a cadeira nº 10, antes ocupada por Orígenes Lessa. Entre suas obras mais conhecidas, estão Ninho de Cobras, As Alianças, Crepúsculo, Curral de Peixe e A Noite Misteriosa. Em 2004 , a Braskem lançou a antologia Lêdo Ivo – Poesia Completa, em homenagem aos 80 anos do poeta.

 

Ações do documento