Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 maio Cultura apoia oitava edição da Marcha LBGTI+ de Maceió
22/05/2019 - 14h55m

Cultura apoia oitava edição da Marcha LBGTI+ de Maceió

Série de atividades foi planejada para fortalecer o movimento no Estado

Cultura apoia oitava edição da Marcha LBGTI+ de Maceió

A programação traz a atriz e cantora Jane Di Castro, com o espetáculo “As canções de uma Divina Diva” no dia 28 de maio. Foto: Pablo Henrique.

Texto de Júlya Rocha e Daniel Borges

O Governo de Alagoas, por meio de Secretaria de Estado da Cultura (Secult), apoia o Movimento LGBT de Alagoas, através do Grupo Gay Maceió, que este ano realiza a 8ª Marcha LBGTI+ de Maceió. A edição tem como tema Stonewall história que alimenta e fortalece o ativismo de luta na conquista de direitos”.

Uma série de atividades foi planejada para fortalecer o movimento no Estado. As ações, que começaram no dia 17 de maio com uma sessão que abordou variadas discussões sobre o Tema do Mês de Combate a Homofobia na Assembléia Legislativa do Estado de Alagoas, seguem acontecendo nos próximos dias.

            No dia 24 de maio o Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) recebe duas mesas temáticas: a primeira às 9h com o tema “Mães pela Diversidade” e a partir das 14h a segunda mesa, “Mulher Trans na Ditadura”.

Já no dia 26 de maio acontece a 8ª Marcha LBGTI+, que tem sua concentração na orla da Ponta Verde, em frente ao antigo Alagoinhas, com concentração a partir das 15h e dispersão na Praça Multieventos, na Pajuçara, às 22h, com música, poesia, performance, participação de ativistas, espaços de  conscientização do público quanto a prevenção das ISTS, HIV, AIDS e prestação de contas de pessoas gestoras das políticas LGBT.

A programação se encerra no dia 28 de maio, com a apresentação do espetáculo “As canções de uma Divina Diva”, com Jane Di Castro, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, às 19h. O espetáculo é baseado no filme Divinas Divas (2016), produção brasileira, do gênero documentário, dirigido por Leandra Leal, que recebeu oito prêmios destes dois internacionais.

Ações do documento