Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 setembro Secult realiza Fórum de Gestores de Cultura no Agreste
26/09/2019 - 16h40m

Secult realiza Fórum de Gestores de Cultura no Agreste

Evento faz parte das ações da 10ª edição do Governo Presente

Secult realiza Fórum de Gestores de Cultura no Agreste

O Fórum de Gestores de Cultura direcionado a agentes e produtores culturais da região e demais público interessado.

Texto Ascom/ Secult

Durante a 10° edição do Governo Presente, que passa por treze municípios do Agreste, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult/AL) realiza, em parceria com o Sebrae Arapiraca, o Fórum de Gestores de Cultura direcionado a agentes e produtores culturais da região e demais público interessado.

Dando início a programação do evento, o auditório do Sebrae Arapiraca, no dia 3 de outubro, a partir das 18h, receberá  palestras sobre a Lei de Incentivo á Cultura, Políticas Públicas de Editais e Vantagens da Formalização. A ação faz parte do programa de capacitação técnica cultural, Pró-Cultura.

"Esse é um momento para debatermos junto aos gestores, produtores e artistas sobre as políticas públicas que o Governo de Alagoas vem implantando ao longo da gestão. Como é o caso do FICA, Fomento e Incentivo a Cultura de Alagoas, que já investiu mais de R$9 milhões apenas em editais que democratizam o acesso aos recursos", diz a secretária Mellina Freitas.

Seminário Lei de Incentivo à Cultura

As palestras fazem parte do Seminário da Lei de Incentivo à Cultura que durante a ocasião discutem o decreto de regulamentação que foi assinado pelo governador Renan Filho, a fim de conceder incentivo fiscal como forma de estimular as produções culturais em Alagoas. “A lei representa um marco no segmento cultural alagoano e prevê o abatimento de impostos às empresas que financiarem a realização de eventos artísticos e culturais no Estado”, explica a secretária Mellina Freitas.

O texto da lei esclarece que o incentivo será destinado à empresa com a finalidade de patrocínio a projetos culturais e doação ao Fundo de Desenvolvimento de Ações Culturais (FDAC), em Alagoas.

A Lei de Incentivo à Cultura foi construída juntamente com os representantes dos movimentos culturais, após amplos debates sobre o tema, com a preocupação de avaliar a cultura como geradora de renda para o Estado.

 

 

Ações do documento