Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 março Artesanato atinge marca de R$ 86 mil em vendas no espaço Alagoas Feita à Mão
09/03/2020 - 09h48m

Artesanato atinge marca de R$ 86 mil em vendas no espaço Alagoas Feita à Mão

Exposição, no Maceió Shopping, fechou as ações com um somatório aproximado de 1.600 peças comercializadas de 150 artistas alagoanos

Texto de Rafaela Pimentel

Em mais uma ação para intensificar a divulgação e comercialização do artesanato no estado, os artistas alagoanos fecharam o mês de fevereiro com a marca de R$ 86,1 mil em vendas no espaço Alagoas Feita à Mão, no Maceió Shopping. Aberta ao público desde dezembro do ano passado, a exposição, que é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), contou com a participação de mais de 150 profissionais entre grupos, associações, cooperativas e mestres.

Os números são significativos também quando se totaliza os produtos comercializados no período: aproximadamente 1.600 peças vendidas. Aliada à oferta de tipologias diversificadas e materiais únicos, o sucesso de público da exposição foi garantido também pela posição privilegiada do espaço, funcionando como uma espécie de lounge no ponto de chegada e partida dos turistas que utilizam o free bus do shopping, com um grupo diferente de artesãos expondo a cada 15 dias.  

Recorde de vendas da exposição, a artesã Ana Cristina Ferreira, da Fulô.A, conquistou mais de R$12,9 mil em peças comercializadas durante a ação. A artista cativou o público por meio dos seus bordados livres, e avalia a sua participação no espaço como uma forma de expandir as oportunidades de venda e divulgação do seu trabalho dentro de Alagoas.

“Foi uma experiência extremamente positiva. Além de ter resultados de vendas mais lucrativos do que muitas feiras grandes que já aconteceram fora do estado, também pude abrir espaço para apresentar meu trabalho para públicos locais diferentes. O programa Alagoas Feito à Mão tem cumprido seu papel de apoiar os artesãos, o nosso trabalho e também aumentar os lucros por meio de vendas e encomendas recebidas por nós”, considera Ana Cristina Ferreira.

Estratégia

Aberto estrategicamente na alta temporada, entre meses de dezembro de 2019 e fevereiro de 2020, o espaço recebeu uma média de 40 mil visitantes por dia do shopping, que puderam conhecer e adquirir o artesanato alagoano representado por tipologias variadas como filé, fibra, madeira, cerâmica e bordados.

“Explorar a chegada da alta temporada como valor agregador para a exposição só trouxe resultados favoráveis para os nossos artesãos, que ganharam não apenas em números de comercialização, como em visibilidade de público. Mais uma vez, a cultura alagoana ocupa um lugar de destaque, abrindo porta para novos negócios e mercados dentro e fora do nosso estado”, ressalta a gerente de Design e Artesanato da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Daniela Vasconcelos. 

Ações do documento