Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 NOVEMBRO Circuito Penedo promove ação de monitoramento das águas do São Francisco
26/11/2021 - 10h58m

Circuito Penedo promove ação de monitoramento das águas do São Francisco

Integrada ao curso técnico de Meio Ambiente do IFAL Penedo, a iniciativa também serviu de aula de campo aos estudantes

Circuito Penedo promove ação de monitoramento das águas do São Francisco

Na manhã desta quinta-feira (25), o Circuito Penedo de Cinema realizou mais uma edição da atividade de monitoramento do São Francisco, com o objetivo de medir a qualidade das águas do Velho Chico. Coordenada pelo professor da Universidade Federal de Alagoas, Cláudio Sampaio, a iniciativa é integrada com a matéria dos técnicos de Meio Ambiente do IFAL Penedo e também conta com o apoio dos projetos ambientais “Observando os Rios” e “Meros do Brasil”.

De acordo com o professor, as coletas para checagem de qualidade das águas são realizadas mensalmente e esta ação do Circuito é uma tradição anual que tem o objetivo de promover uma conscientização social a respeito da conservação do Velho Chico. “Essa é uma oportunidade de voltar os olhares da população penedense e dos presentes no Circuito para a importância da preservação do rio”, destaca Cláudio.

O resultado da atividade constatou que a água do rio segue em qualidade “regular” e o Cláudio também alertou sobre os perigos dessa classificação. “Infelizmente, ao longo desses 5 anos de monitoramento o rio se manteve nessa qualidade que não é boa. Isso nos acende uma luz vermelha para tentar resgatar a qualidade desse bem tão precioso”, complementou o coordenador da ação.

Na ocasião, os estudantes do curso técnico de Meio Ambiente do IFAL Penedo também puderam acompanhar o monitoramento, integrando uma aula de campo. Maria Lílian que é professora do curso e esteve presente na ação, salienta a respeito da importância desse momento para a turma. “A formação dos técnicos conta com essa gestão de monitoramento ambiental e eles aprendem isso no laboratório, mas essa chance de atividade e visualização da prática é extremamente enriquecedora”, comentou Maria.

Os resultados da pesquisa devem ser analisados e discutidos para propor métodos de melhoria da qualidade do rio São Francisco.

Ações do documento