Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Alunos do Centro Estadual de Educação Cyro Accioly visitam exposição no Teatro Deodoro
28/08/2017 - 00h00m

Alunos do Centro Estadual de Educação Cyro Accioly visitam exposição no Teatro Deodoro

Deficientes visuais puderam tocar nas esculturas do artista alagoano Manoel da Marinheira, em exposição até o dia 3 de setembro

Alunos do Centro Estadual de Educação Cyro Accioly visitam exposição no Teatro Deodoro

Alunos da Escola Cyro Acioly puderam tocar nas peças em exposição e se encantaram com as formas dos animais

Texto de Hannah Copertino

A exposição A Floresta Encantada de Manoel da Marinheira, em cartaz no Complexo Cultural Teatro Deodoro, no Centro de Maceió, recebeu uma visita especial! Mais de 40 deficientes visuais atendidos no Centro Estadual de Educação Cyro Accioly tiveram contato com a arte ao tocar nas esculturas de madeira que compõem a mostra.

 

Muitos estiveram em uma galeria de arte pela primeira vez, a exemplo do Antônio Mário Ferreira, de 61 anos. Ele disse que gostou de tocar nas esculturas e descobrir animais como cavalo e peixe e brincou dizendo que queria levar tudo para casa, mas que não podia porque são peças pesadas. O gorila foi a escultura que mais encantou o Antônio e a maioria dos deficientes visuais que estiveram no Complexo.

 

A alegria dos alunos contagiou toda a equipe de professores e monitores. Com um sorriso estampado, Valdyneck Rodrigues dos Santos, de 36 anos, tocava nas esculturas e se encantava a cada detalhe observado. Ele disse que estava muito feliz e foi só elogios às obras. “É um trabalho maravilhoso desses artistas. Estar aqui é uma novidade pra mim, muito proveitoso”, revelou Valdyneck.

 

O diretor do Centro Estadual de Educação Cyro Accioly, Walter Simões, disse que a maioria dos alunos não enxerga desde que nasceu e que, por meio da exposição, eles puderam conhecer os animais. “Eles se sentem valorizados porque a partir do momento em que se permite que o deficiente visual toque nos objetos é uma forma de acessibilidade. Nós vamos procurar trabalhar nas atividades do Centro esse aprendizado dos animais conhecidos na exposição. Estar aqui é sair da nossa zona de conforto e superar as limitações”, complementou o diretor.

 

“É muito gratificante promover a integração entre educação, arte e cultura e, principalmente, contribuir com a acessibilidade e inclusão social desses alunos. O Complexo Cultural Teatro Deodoro está de portas abertas e esperamos que mais pessoas com deficiência possam visitar o espaço e ter esse contato com a arte alagoana”, afirmou a diretora presidente da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, Sheila Maluf.

 

Sobre a exposição:

 

A Floresta Encantada de Manoel da Marinheira apresenta mais de 60 esculturas em madeira feitas pelo saudoso mestre Manoel da Marinheira, seus filhos André, Severino, Antônio e Manoel Filho, além do aluno Fábio. São animais como onças, leões, peixes, macacos, tatus, antas, hipopótamos, elefantes, jacarés e tubarões. Em menos de um mês, mais de duas mil pessoas visitaram a mostra, que fica em cartaz até o dia 3 de setembro, com entrada gratuita.

 

O Complexo Cultural Teatro Deodoro funciona de segunda a sábado, das 8h às 18h, com exceção para quarta-feira quando o horário vai até 20h, e aos domingos e feriados, das 14h às 17h. Grupos de escolas e instituições devem agendar a visitação pelo email escolasditeal@gmail.com ou pelos telefones (82) 98819-5010 e (82) 98884-6885.

Ações do documento