Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Biblioteca Pública capacita jovens da Grota do Cigano em informática básica
07/05/2015 - 05h41m

Biblioteca Pública capacita jovens da Grota do Cigano em informática básica

Proposta é facilitar acesso ao mercado de trabalho, a partir da realização de um curso profissionalizante

Biblioteca Pública capacita jovens da Grota do Cigano em informática básica

Telecentro da Biblioteca Pública é um dos 70 do Programa Alagoano de Inclusão Digital do Governo de Alagoas, que está garantindo oportunidade aos jovens de comunidades carentes de se qualificarem (Foto: Ascom Itec)

Isabelle Carvalho

Livros, contação de história, recital de cordel e cinemateca são só algumas das atrações da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos. No último andar, às quartas-feiras à tarde, o lugar que proporciona os mais diversos conhecimentos vai além, ofertando para comunidades carentes, aulas de informática básica.

“Nossa intenção é facilitar a entrada desses jovens no mercado de trabalho proporcionando um conhecimento básico de informática. Trabalhamos com os sistemas que são mais requisitados pelo mercado; ensinamos a edição de textos, o trabalho em planilhas, as apresentações dinâmicas e também a utilizar a internet da melhor maneira, extraindo informações que sejam úteis”, afirma a diretora da biblioteca e também professora do curso, Almiraci Dantas.

A turma, formada por jovens da comunidade da Grota do Cigano, foi a primeira a ser beneficiada. Eles já estão no segundo módulo do curso, de um total de quatro, aprendendo a ferramenta Calc, que é uma versão de software livre correspondente ao Excel. “Trabalhamos com o sistema Linux e as ferramentas de código aberto, que são muito semelhantes às da Microsoft”, completa Almiraci.

Com 30 anos, Cinthia Rafaelly Rodrigues da Silva, faz parte da primeira ONG da Esperança na Grota do Cigano e vê no curso uma oportunidade de melhorar o currículo. “Eu utilizava bastante as redes sociais, mas não sabia utilizar as outras ferramentas. O curso está ajudando bastante a me qualificar para o mercado”, diz.

Assim como Cinthia, o jovem de 12 anos, Vitor Rafael da Silva, já consegue bons resultados utilizando o computador. “Aprendi a editar textos, fazer desenhos e quando crescer e precisar trabalhar já tenho meu curso”, afirma Vitor, que também diz ter conseguido melhorar os trabalhos na escola depois do curso.

Após o término desta turma, a Biblioteca Pública pretende abrir novas, sempre atendendo a comunidades carentes. “Para próxima turma iremos selecionar alguma outra comunidade carente, e também incluir as pessoas que têm nos procurado para fazer o curso. Essas pessoas são cadastradas em uma lista de espera e serão avisadas quando abrirem novas vagas”, finaliza Almiraci.

O Telecentro da Biblioteca Pública é um dos 70 do Programa Alagoano de Inclusão Digital do Governo de Alagoas, coordenado pela Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, sendo também um dos 50 do projeto Digitalagoas coordenado pelo Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas (Itec). O Governo do Estado tem se esforçado para fazer com que estes telecentros forneçam não só o acesso ao computador, mas também algum curso de qualificação profissional.

Ações do documento