Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Bruno Hrabovsky apresenta Rock ao Piano pela primeira vez em Maceió na sexta (26)
23/04/2019 - 09h25m

Bruno Hrabovsky apresenta Rock ao Piano pela primeira vez em Maceió na sexta (26)

Músico sobe ao palco às 20h com repertório de clássicos do ritmo em formato acústico

Bruno Hrabovsky apresenta Rock ao Piano pela primeira vez em Maceió na sexta (26)

Texto de Hannah Copertino

Depois de passar por 77 cidades Brasil afora, o concerto Rock ao Piano chega ao Nordeste pela primeira vez e Maceió está no roteiro. O pianista curitibano Bruno Hrabovsky se apresenta na sexta-feira (26/04), a partir das 20h, no Teatro Deodoro, Centro.

O músico traz para o público releituras de clássicos do rock ao som do piano acústico. O ingresso custa R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 a meia-entrada e está à venda online pelo site www.meuingresso.com e na bilheteria do teatro, de terça a domingo, das 14h às 18h.

No repertório, estão as composições Aerials, de System of a Down; Bohemian Rhapsody, Queen; Cryin’, Aerosmith; I am mine, Pearl Jam; Comfortably Numb, Pink Floyd; You shook me all night long, AC/DC; Angie, The Rolling Stones; Oh! Darling, The Beatles; Creep, Radiohead; Fade to Black, Metallica; Snowblind, Black Sabbath; e November Rain, Guns N’ Roses.

“O Rock ao Piano surgiu lá por volta de 2005, mais ou menos, quando tirei o primeiro “rock de ouvido”: Fade to Black, do Metallica. Foi a semente pra cada vez mais eu começar a criar arranjos de rock no piano, afinal, rock era o que eu mais ouvia. Só em 2013, depois de me formar em Geologia, resolvi arriscar os palcos e assumir o projeto como profissão. Em 2014, vieram os primeiros shows em outras cidades e, a partir de 2015, já comecei a sonhar em tocar no Nordeste. Muitas foram minhas tentativas, mas nada dava certo, até que, no final de 2018, consegui fechar um show em Recife para o ano seguinte. Com ele confirmado, intensifiquei minha busca por mais espaços no Nordeste pra aproveitar a viagem e foi assim que cheguei até o Teatro Deodoro, que, pra minha sorte, tinha uma data exatamente no dia ideal pra conciliar com meu primeiro show no Nordeste”, conta Bruno Hrabovsky.

Para o músico, tocar aqui representa um dos momentos mais marcantes de sua carreira. “Será uma experiência absurdamente grandiosa pra mim por vários motivos… não só pelo salto no alcance do projeto, chegando muito mais longe do que já tinha chegado aqui dentro do país, mas por explorar um novo público, tendo a oportunidade de estrear no Nordeste em dois grandes teatros, em tamanho e em importância. Uma estreia de gente grande (risos). O rock é algo muito digno, válido e, a despeito do que alguns pensam, vivo. Tenho muito apreço pela cultura nordestina, sobretudo por todo legado do forró de raiz. Será uma experiência única tocar esse repertório que tanto amo e defendo numa terra tão diferente de tantas outras em que já toquei. Será, ainda, minha primeira vez em ambas as cidades, pois, do nordeste, só conheci a turismo os arredores de Fortaleza e todo litoral  ao sul de Salvador. Como disse, será  uma experiência única”, afirma.

O repertório é do rock, mas o público pode ser surpreendido com uma homenagem, é o que o pianista sugere. “Para quem está se perguntando de que se trata o projeto afinal, bem, será um concerto de piano, sem efeitos, voz ou demais instrumentos, como se fosse um concerto erudito… No repertório, porém, muito rock clássico, metal e pop/rock, mostrando até que ponto o piano tem capacidade de representar esse estilo, sem deixar a desejar com o peso que é capaz de impor em sua música. Quem sabe até eu não dê um jeitinho de encaixar uma palhinha de uma ou duas pérolas do rock nordestino nesse setlist…”, conclui o músico.

Sobre Bruno Hrabovsky

Bruno iniciou os estudos sobre piano erudito aos seis anos de idade com a professora Luciana Bissi. De lá para cá, nunca deixou de tocar. Sempre apreciou muito as obras clássicas, porém, ao desenvolver uma grande facilidade para tirar músicas de ouvido, aos poucos passou a dar mais espaço para interpretações próprias de seus gêneros musicais preferidos, principalmente rock e metal.

Em 2013, após a graduação em Geologia pela Universidade Federal do Paraná, decidiu apostar em seu projeto de releituras. Com o sucesso, ele passou a se dedicar exclusivamente a ele. Mantém uma página no YouTube e também um perfil musical no Facebook para divulgar suas interpretações. Rock ao Piano e seus subprojetos ganharam o mundo em 2014. Já passou por 77 cidades de nove estados do país, além de um show realizado na Nova Zelândia.

Embora goste muito de ouvir e de tocar tango e música erudita, foi no Rock que Bruno encontrou sua verdadeira identidade junto ao piano. Trilhando um caminho relativamente incomum para um pianista, o músico cria versões completas de rocks conhecidos usando apenas o instrumento acústico, tocando desde a melodia até a base feita pela banda. Suas bandas preferidas, portanto, suas grandes influências são Pink Floyd, Queen, Dream Theater, Symphony X, System of a Down, Metallica e Legião Urbana, porém, seu repertório vai além, aborda um universo muito mais amplo.

Serviço:

Rock ao Piano com Bruno Hrabovsky

Quando – Sexta-feira (26/04), a partir das 20h.

Local – Teatro Deodoro, Centro de Maceió. 

Ingresso – R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 a meia-entrada e está à venda online pelo site www.meuingresso.com e na bilheteria do teatro, de terça a domingo, das 14h às 18h.

Mais informações – www.diteal.al.gov.br, 3315-5660 e nas redes sociais @teatrodeodoro e @brunohrabovsky

 
Ações do documento