Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Cenarte abre turma de Oficina de Artesanato
21/09/2016 - 09h10m

Cenarte abre turma de Oficina de Artesanato

Matrículas podem ser feitas até 30 setembro

Cenarte abre turma de Oficina de Artesanato

Vânia Oliveira é Patrimônio Vivo de Alagoas desde 2015. Foto: André Palmeira.

Texto de Daniel Borges

O Centro de Belas Artes de Alagoas (Cenarte) abre turma para a Oficina de Artesanato - Boi de carnaval e Bumba Meu Boi, ministrada pela mestre do Registro do Patrimônio Vânia Oliveira. As matrículas são gratuitas e seguem até 30 de setembro ou preenchimento das vagas.

O curso será realizado nos dias 03, 17, 24, 31 de outubro e 07 de novembro, sempre das 8h às 10h, com carga horária total de 10 horas.

Para efetuar a matrícula é preciso levar uma foto 3x4, carteira de identidade (RG) e CPF. Os alunos menores de idade devem estar acompanhados pelos pais e/ou responsáveis e apresentar de cópia da certidão de nascimento e dos documentos de identificação dos adultos.

As inscrições devem ser feitas na Superintendência de Identidade e Diversidade Cultural (SIDC) da Secult, localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, Centro de Maceió, das 8h às 14h. Mais informações 3315-7873 ou 3315-7894.

null

Mestre Vânia

Há 31 anos, Vânia Maria Oliveira Santos vem dedicando sua vida ao artesanato e a reciclagem em Alagoas. Seu trabalho é marcado pela busca incessante de valorização e preservação do meio ambiente e das tradições da cultura popular, seja por meio do uso de seus elementos mais tradicionais ou mesmo pela “ousadia” de inseri-los no redesenho de produtos de fácil aceitação pelo público consumidor comum.

Sua produção artesanal é marcada pela forte presença de elementos que nos remete aos mais diversos tipos de manifestações populares, da tradição e costumes, do erudito ao mais contemporâneo. No colorido e na simplicidade do acabamento de suas peças facilmente identificamos seu entusiasmo pela valorização e preservação das brincadeiras e fazeres populares: o chitão, o jogo, a dança, o traçando, os espelhos, a modelagem e até a oralidade estão presentes em seu trabalho, tratados de forma bem brejeira e marcante.

Atualmente, Vânia Oliveira é professora de artes no Cenarte e também dá aulas em cursos de formação de multiplicadores em Recife, Maceió e alguns municípios de Alagoas. Em 2015, ela se tornou Patrimônio Vivo de Alagoas.

Ações do documento