Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Conselho apresenta novos mestres do Patrimônio Vivo da Cultura alagoana
08/07/2015 - 14h00m

Conselho apresenta novos mestres do Patrimônio Vivo da Cultura alagoana

Livro sobre a Biblioteca Pública Graciliano Ramos está sendo feito para ser lançado na Bienal do Livro de Alagoas

Conselho apresenta novos mestres do Patrimônio Vivo da Cultura alagoana

Secretária Mellina Freitas preside reunião do Conselho Estadual de Cultura

Texto: Henrique Pereira

Fotos: Thiago Sampaio

 

O Conselho Estadual de Cultura reuniu-se, nesta quarta-feira (8), no salão de despachos do Palácio Museu Floriano Peixoto e anunciou a inserção de mais quatro nomes no panteão da cultura de Alagoas. Presidido pela secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, o encontro debateu ainda o tipo de apoio que o Governo do Estado fornecerá à Bienal do Livro.

 

Os escolhidos deverão ter seus nomes homologados após a expedição de uma resolução elaborada pelos membros do Conselho Estadual de Cultura atestando a idoneidade dos escolhidos, seguindo as orientações do artigo 8º do Edital 001/2015, da Secretaria de Estado da Cultura. A divulgação dos selecionados será publicada no Diário Oficial do Estado no mês de agosto. 

 

 

Eles foram agraciados após avaliação da comissão julgadora, o que segundo a avaliação da secretaria de Estado da Cultura, Mellina Freitas, a escolha dos novos mestres reforça o interesse do Estado em promover o segmento no estado.

 

"É uma prática que não pode parar. Ao nomear novos mestres, estamos criando maneiras de perpetuar nossa cultura. Precisamos cada vez mais transmitir esses valores, para fortalecer a própria identidade do alagoano. Os nomes escolhidos são de grande representatividade nas áreas em que atuam", destacou Mellina Freitas.

 

Os membros do Patrimônio Vivo de Alagoas recebem um apoio financeiro do Governo do Estado para continuarem produzindo sua manifestação cultural.


Bienal do livro

Um dos patrocinadores da tradicional Bienal do Livro em Alagoas, o Governo de Alagoas, segundo a secretária, estuda formas de participar do evento enquanto realizador, com a missão de torná-lo mais forte. Uma das iniciativas estudadas pelo Conselho de Cultura envolve uma homenagem à Biblioteca Estadual Graciliano Ramos.

 

"Um livro em homenagem à biblioteca está sendo feito, exaltando a importância dela para a sociedade alagoana, bem como a de quem a nomeia. A Bienal é um evento de suma importância, e que o Governo de Alagoas faz questão de estar presente", concluiu a gestora.

 


Novas reuniões

As próximas reuniões do Conselho de Cultura também já estão agendadas para os meses de setembro e dezembro.

Ações do documento