Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Diteal abre exposições ‘Rio Afogado’ e ‘O Lado Invisível do Ser’
06/07/2016 - 16h25m

Diteal abre exposições ‘Rio Afogado’ e ‘O Lado Invisível do Ser’

Exposições podem ser vistas até o dia 15 de agosto, Complexo Cultural Teatro Deodoro

Diteal abre exposições ‘Rio Afogado’ e ‘O Lado Invisível do Ser’

Mostra reúne 32 trabalhos de Paulo Caldas em desenho sobre fotografia, além de 22 fotos em preto e branco, de Jorge Vieira (Adalberto Farias)

Texto de Regina Martins

O público alagoano já pode visitar as exposições ‘Rio Afogado’ e ‘O Lado Invisível do Ser’, abertas na noite de terça-feira (5), pela Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal), no Complexo Cultural Teatro Deodoro, no Centro de Maceió.

 

‘Rio Afogado’, um trabalho conjunto do artista visual Paulo Caldas e do fotógrafo Jorge Vieira, fala do riacho Salgadinho e de seu estado de degradação ambiental. A 

Vieira levou dois meses para concretizar esse trabalho e precisou negociar com grupos que se consideram chefes da região do Vale do Reginaldo. “Trabalhei num clima de muita insegurança”, diz ele. Já Paulo Caldas, nesse trabalho, recorreu ao seu poema ‘Salgadinho (um rio afogado)’, escrito há 25 anos.

 

A outra exposição aberta pela Diteal é ‘O Lado Invisível do Ser’, que traz 30 trabalhos de Paulo Caldas, e pode ser vista no mezanino do Complexo Cultural.

 

Durante a abertura das exposições, a diretora presidente da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal), Sheila Maluf, destacou que o Complexo Cultural é um espaço democrático, aberto ao público e aos artistas alagoanos. “Aqui é o local das artes, onde o público encontra dança, exposições e música. Encerrando essas mostras, em agosto vamos realizar a segunda edição da exposição ‘Amostra Grátis’, informou ela.

 

A primeira edição foi realizada em junho do ano passado e retratou obras de Tânia Pedrosa, Alex Barbosa, Hércules Mendes e Lula Nogueira, entre outros, por meio dos vidros do Complexo Cultural.

 

Visitação

 

As exposições ‘Rio Afogado’ e ‘O Lado Invisível do Ser’ podem ser vistas no Complexo Cultural, ao lado do Teatro Deodoro, até o dia 15 de agosto, de segunda a sexta, das 8h às 18h, e nas quartas-feiras, das 8h às 20h, com entrada franca.

 

Serviço: 

Exposições: Rio Afogado e O Lado Invisível do Ser

Data: 5 de julho a 15 de agosto

Horário: de segunda a sexta, das 8h às 18h. Nas quartas-feiras, das 8h às 20h.

Local: Complexo Cultural Teatro Deodoro – Rua Barão de Maceió, S/N – Centro de Maceió.

Ações do documento