Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Escritoras alagoanas são homenageadas na Biblioteca Pública
11/03/2016 - 08h50m

Escritoras alagoanas são homenageadas na Biblioteca Pública

Livros das autoras estão expostos em seção dedicada a alagoanos

Escritoras alagoanas são homenageadas na Biblioteca Pública

Escritoras são homenageadas na Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos. Foto: Daniel Borges

Texto de Teresa Machado

As mulheres da literatura alagoana foram homenageadas, na manhã desta quinta-feira (10), pela Secretaria de Estado da Cultura. A solenidade, realizada no auditório da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, reuniu escritoras que tiveram seus trabalhos expostos na seção dedicada a autores alagoanos.

A secretária executiva de Gestão Interna, Rosiane Rodrigues, destacou a importância do papel feminino na literatura. “A mulher traz consigo a leveza e a força. A escritora traduz, em palavras, os sentimentos e as vivências. Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, a Secult homenageia nossas autoras, que nos deixam um legado literário e cultural muito rico”, afirmou.

As escritoras Margarida Mesquita e Nádia Fernandes compuseram a mesa de honra, representando as demais homenageadas, que receberam um troféu e flores. “Estamos recebendo, com muita honra, esta homenagem tão especial. Além do encontro prazeroso com as mulheres da literatura alagoana”, disse a autora de mais de 20 livros, Margarida Mesquita.

Na ocasião, a escritora Nádia Fernandes entregou, para o acervo da Biblioteca, duas obras raras de autoria de Manoel de Maia Júnior. “Estou presenteando a população alagoana com duas jóias literárias, relíquias que devem ser apreciadas pela nossa sociedade”, falou. 

A jornalista Ivone dos Santos falou da valorização da mulher em todos os segmentos. “Palmas para esta atividade da Secult, que com um simples gesto valoriza e resgata a literatura alagoana, através das mulheres que, com muita garra, romperam barreiras e conquistaram seu espaço”.

Durante o evento, membros do coral Carlos Gomes, da Escola Estadual Ciro Acioli, fizeram uma apresentação musical especial, ao som do violão do maestro Cícero Tenório e voz com Marilene Silva.

O grupo “As Gracilianas” também apresentaram textos de Graciliano Ramos, em homenagem às escritoras. As escritoras Mariquinha e Adélia Magalhães, presidente do grupo literário alagoano, também recitaram poemas para as convidadas.

A exposição “Escritoras Alagoanas” fica aberta até o final do mês de março, na Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos. O equipamento cultural funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e fica localizado na Praça Dom Pedro II, no Centro de Maceió. Mais informações: 3315-7877.

Ações do documento