Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Exposição ‘Andeja’ começa na terça-feira (10) no Complexo Cultural do Deodoro
06/11/2015 - 10h20m

Exposição ‘Andeja’ começa na terça-feira (10) no Complexo Cultural do Deodoro

Telas feitas em recortes de tecidos lembram as cores de Frida Kahlo

Exposição ‘Andeja’ começa na terça-feira (10) no Complexo Cultural do Deodoro

Andeja’, da artista visual Myrian Almeida, é a próxima exposição que o Complexo Cultural Teatro Deodoro a partir de terça-feira (10)

Texto: Regina Martins

Fotos: Adalberto Farias 

‘Andeja’, da artista visual Myrian Almeida, é a próxima exposição que o Complexo Cultural Teatro Deodoro vai abrigar a partir desta terça-feira (10). São 30 telas feitas em recortes de tecidos, colados, de cores intensas e vivas, que se comunicam, lembrando as cores da artista plástica mexicana Frida Kahlo. 

A exposição faz parte das comemorações pelos 105 anos do Teatro Deodoro, que começam nesta segunda-feira (9) e seguem até o dia 15 de novembro.

Em sua primeira exposição, Myrian Almeida mostra a história da garota, da criança, da mulher, percorrendo seu caminho bucólico, verde e colorido, formando verdadeiros “retratos da vida”, numa série que é quase uma autobiografia.

O amor pelas cores e pelos tecidos surgiu dentro de casa, com a mãe, que confeccionava mantas e “conversava com as cores”, lembra ela. “Desde criança via esse trabalho de minha mãe e o respeito que ela tinha pelas cores”.

 

 

A artista visual foi se formando também com esse pensar e amor às cores. Entre colagem em móveis, bolsas, tapeçaria e customização em cerâmica, ela foi desenvolvendo sua arte.

Há seis anos, Myrian iniciou seu trabalho com telas em tecido e foi mostrando aos poucos para os amigos. O primeiro artista plástico que conheceu sua arte foi Paulo Caldas, “um grande incentivador”, segundo ela.

Myrian fazia os quadros e presenteava os amigos, que iam elogiando e incentivando seu trabalho. Seu processo criativo começa sempre a partir das cores. Usando tecidos 100% algodão, ela vai traçando sua arte, cheia de cores que “lembram a obra de Frida Kahlo, só que mais feliz”, diz a artista.

Segundo um dos curadores da mostra, Viviani Duarte, os visitantes terão acesso a um trabalho maduro e delicado. “Andeja visibiliza a possibilidade de contar histórias com imagens, e torná-las obras de arte, com a delicadeza e também a fortaleza da menina andante”, define ela.

 

Exposições

 

A exposição ‘Andeja’, uma realização da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal) e Secretaria de Estado da Cultura (Secult), tem dupla curadoria de Viviani Duarte e Rosilvado Reis. Ela será aberta no dia 10 de novembro, às 20h, no mezanino do Complexo Cultural Teatro Deodoro, e pode ser vista até o dia 12 de dezembro.

 

No mesmo local, na Galeria de Artes, o público pode também visitar a exposição ‘Poesia em Foco - Uma visão contemporânea de Maceió’, que presta uma homenagem aos 200 anos de Maceió, na visão dos fotógrafos Ana Cristina Francisco dos Santos, Arthur Celso e Luna Gavazza.

A exposição conta com áudio-poesia e poesias em Braille, dentro da proposta de acessibilidade desenvolvida pela Diteal. Ela é uma realização da Diteal, Secult e Confraria: nós, poetas, e também será encerrada também no dia 12 de dezembro.

O público pode conferir as duas exposições das 8h às 18h (segunda, terça, quinta e sexta) e das 8h às 20h (quarta-feira). A entrada é franca.

Serviço:

Exposição: ‘Andeja’ de Myrian Almeida

Abertura: terça-feira (10)

Horário: 20h

Local: Complexo Cultural Teatro Deodoro

Visitação: das 8h às 18h (segunda, terça, quinta e sexta) e das 8h às 20h (quarta-feira). Entrada é franca

Encerramento: 12 de dezembro

 

Serviço:

Exposição: ‘Poesia em Foco - Uma visão contemporânea de Maceió’

Local: Complexo Cultural Teatro Deodoro

Visitação: das 8h às 18h (segunda, terça, quinta e sexta) e das 8h às 20h (quarta-feira). Entrada é franca

Encerramento: 12 de dezembro

Ações do documento