Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Exposição reúne obras de artistas plásticas alagoanas no palácio
12/03/2015 - 17h00m

Exposição reúne obras de artistas plásticas alagoanas no palácio

Mostra apresenta quadros e esculturas no Museu Palácio Floriano Peixoto

Exposição reúne obras de artistas plásticas alagoanas no palácio

Abertura da exposição em homenagem às mulheres, no Museu do Palácio Floriano Peixoto com a presença da secretária Mellina Freitas, da primeira-dama Renata Calheiros e diversas artistas alagoanas (Fotos: Ascom Secult)

Teresa Machado

Vinte artistas plásticas alagoanas expõem suas obras no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa). Na quarta-feira (11), a Secretaria de Estado da Cultura (Secult)  deu continuidade às atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, com a abertura da exposição “O eu feminino: leveza e força da Mulher”. A solenidade contou com a presença da primeira-dama do Estado, Renata Calheiros, e da secretária da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos, Rosinha da Adefal.

A mostra reúne quadros, esculturas e poesias de alagoanas, além de uma homenagem às mulheres referências na cultura do Estado. “É com muita satisfação que abrimos a exposição. Reunimos grandes mulheres que aqui contribuem e engrandecem a cultura alagoana. O Governo do Estado tem feito todo um esforço no sentido de valorizar as ‘pratas da casa’, a cultura alagoana em todos os seus segmentos, do folclore a literatura.”, destacou a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas.

A curadora da exposição, arquiteta Morgana Duarte, falou sobre a proposta do evento. “A exposição reúne a complexidade dos sentimentos diversos que envolvem o sexo feminino que há muito tempo deixou de ser frágil para cada vez mais se impor na sociedade, enquanto exemplo de perseverança, de luta, de força e de conquistas, sem, no entanto, perder a sua graça e leveza”, explicou Morgana, que também expôs um quadro de sua autoria intitulado “Salve Jorge”.

O evento contou com apresentação musical do saxofonista Uruba e declamações de poesias por Chico de Assis, Graça Tenório, José Márcio, Neilda Cavalcanti e Paulo Pedrosa. 

Na ocasião, foram homenageadas várias expositoras a exemplo de Bárbara Lessa, Beta Bastos, Deinha Fonseca, Eva Le Campion, Jocelene Souza, Liliana Pontes de Miranda Brandão.

A homenagem se estendeu ainda a artistas como Maria Amélia Vieira, Maria Cleto, Maria José Le Campion, Marília Ferreira, Marlô Pedra, Marta Arruda, Morgana Duarte, Naná Loureiro, Solange Chalita, Tânia Pedrosa, Valda Papine, Vanda Cleto, Verônica Calheiros, Verônica Inojosa e Viviane Duarte. E houve ainda homenagens às poetisas Ana de França; Arriete Vilela, Enaura Quixabeira, Ivone dos Santos, Margarida de Mesquita, Mirna Porto Maia, Selma Britto, Solange Chalita, Petrúcia Camelo, Vera Romariz e Teomirtes de Barros.

Também foram destacados os trabalhos socioculturais da bailaria Eliana Cavalcante, da cantora Leureny Barbosa, da bailarina Maria Emília Clark, da procuradora de Estado Neilda Cavalcanti, da pianista Selma Britto, além das homenagens póstumas à atriz Linda Mascarenhas, da médica psiquiatra Nise da Silveira, e da militante política Selma Bandeira. Personagens referências da cultura popular alagoana também foram homenageadas através das  mestras Dona Flor e Maria do Pandeiro, da jovem Yaçannã Rodrigues do projeto Guesb/Inaê, e da artesã Dona Clairce (em memória).

Museu da Imagem e do Som

Nesta quinta-feira (12), O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) traz um ciclo de debate sobre “A presença feminina na cinematografia brasileira”, com apresentação de documentário, a partir das 9h, na quinta-feira (12). A ação faz parte da programação especial em homenagem às mulheres alagoanas.

Ações do documento