Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Fórum Estadual do Bicentenário faz primeira reunião de trabalho nesta terça-feira (9)
08/08/2016 - 15h15m

Fórum Estadual do Bicentenário faz primeira reunião de trabalho nesta terça-feira (9)

Grupo representa segmentos da sociedade e é responsável pelas propostas de ações comemorativas a serem apresentadas à Comissão Mista Especial e ao governador

Fórum Estadual do Bicentenário faz primeira reunião de trabalho nesta terça-feira (9)

Secretário Fábio Farias ressalta que intuito das comemorações aos 200 anos de Emancipação Política de Alagoas é se debruçar sobre a história do Estado buscando suas raízes (Foto: Márcio Ferreira)

Texto de Renata Arruda

 

 

O Governo do Estado, por intermédio da Comissão Mista Especial responsável pelas ações em comemoração aos 200 Anos de Emancipação Política de Alagoas, realizará a primeira reunião do Fórum Estadual do Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas, nesta terça (09) e quarta-feira (10) no Palácio República dos Palmares, salão Aquatune, a partir das 9h.

 

O Fórum é formado por representantes de diversos segmentos da sociedade, atuando como interface entre a sociedade e o Governo do Estado, e vão se reunir para discutir propostas de ações comemorativas, a serem apresentadas à Comissão Mista Especial e ao Governador do Estado, tendo em vista a consolidação da programação para o ano de 2017, ano do Bicentenário.

 

De acordo com o secretário-chefe do Gabinete Civil e coordenador do grupo, Fábio Farias, a Comissão Mista Especial ainda avaliará as propostas viáveis do Fórum a serem executadas.

 

“O maior intuito das comemorações alusivas aos 200 anos de emancipação política de Alagoas é se debruçar sobre a história de Alagoas, em busca das raízes mais profundas e reavivar, fortalecer, o amor-próprio da população alagoana”, afirmou Farias.

 

O Fórum Estadual do Bicentenário foi instalado em 30 de junho deste ano e visa estimular todos os segmentos da sociedade alagoana a refletir sobre o resgate da história alagoana.

 

Ações do documento