Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Governador assina ordem de serviço para reconstrução do Farinheiro de Capela
28/12/2017 - 10h00m

Governador assina ordem de serviço para reconstrução do Farinheiro de Capela

No novo prédio, será instalado o Centro Cultural Multiuso do Município

Governador assina ordem de serviço para reconstrução do Farinheiro de Capela

Também foi autorizado, durante a solenidade, o início da obra de reforma e ampliação do Ateliê Mestre João das Alagoas.

Texto de Severino Carvalho e Andressa Alves

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, assinaram, na tarde desta terça-feira (26), em Capela, no Vale do Paraíba, a ordem de serviço para a reconstrução do "Farinheiro". O novo prédio vai abrigar o Centro Cultural Multiuso Lêda Valéria. Também foi autorizado, durante a solenidade, o início da obra de reforma e ampliação do Ateliê Mestre João das Alagoas.

 

A reconstrução do Farinheiro está orçada em mais de R$ 1 milhão. Noventa e oito por cento dos recursos são provenientes do Estado e 2% da Prefeitura Municipal de Capela. A assinatura do convênio entre o Governo de Alagoas e o município, através do prefeito Adelmo Calheiros, aconteceu durante a programação da 7ª edição do Governo Presente, em setembro deste ano.

 

O governador lembrou que a reconstrução do Centro Cultural Multiuso de Capela é uma reivindicação da população capelense. Construído em 1934, o prédio conhecido como “Farinheiro” foi derrubado em 2014. Restou apenas a fachada da edificação original, que foi demolida em seguida porque havia risco de desabamento.

"Essa é mais do que uma obra: é o resgate da história de Capela e da autoestima de seu povo. A Prefeitura vai executá-la com recursos do Governo do Estado, que já estão na conta da Prefeitura. Nós assinamos o convênio e o prefeito Adelminho fez a licitação", disse o governador.

 

O “Farinheiro” era um ponto de comércio, arte e cultura. O espaço servia para apresentações de artistas locais e também para lazer e recreação da população. A ideia é que o novo Centro Cultural Multiuso agregue todas essas atividades, impulsionando o desenvolvimento econômico da região através do turismo e da comercialização dos produtos produzidos pelos agricultores capelenses.

"O Farinheiro tem história. Quantas e quantas pessoas não passaram por aqui? Por isso, quero agradecer ao governador pela reconstrução desse importante prédio, pelo ateliê do João das Alagoas e por tudo o que tem feito por Capela. Renan Filho é hoje uma referência na política estadual, que procuramos seguir", afirmou o prefeito de Capela.

 

As filhas de Lêda Valéria: Melissa e Rebeca Gomes, além do viúvo, Horácio Melo, compareceram à solenidade e agradeceram a homenagem. "Se estivesse viva, ela teria completado ontem 55 anos de idade. É um grande presente dar a esse prédio histórico o nome dela", declarou Horácio.

 

João das Alagoas

Já a reforma e ampliação do ateliê do mestre João das Alagoas foram orçadas em R$ 198 mil.

 

"Essas duas assinaturas de ordens de serviço têm um valor muito importante para a comunidade capelense pela simbologia dos espaços entre os moradores. Tanto o Centro Cultural quanto o Ateliê do João das Alagoas abrigam a cultura de Capela, que a partir de agora será fomentada, assim como o Turismo e a geração de emprego e renda na cidade", afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Patrimônio Vivo de Alagoas, João das Alagoas disse que a obra no ateliê é necessária e vai beneficiar todos os 10 artesãos que utilizam aquele espaço.

 

"Com esse espaço ampliado e restaurado, vamos poder receber nossos clientes com maior conforto. A obra vai trazer benefícios para todos", afirmou João Carlos da Silva, 59 anos, o "João das Alagoas", cujas peças feitas em barro impressionam pela beleza e a riqueza de detalhes.

 

Ele revelou, ainda, que terá uma de suas peças reproduzida em dimensões maiores na orla de Maceió, a exemplo da Sereia do Mestre Zezinho, instalada na Pajuçara pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

 

"Será um bumba meu boi gigante, uma reprodução em fibra de vidro, que já está quase pronta. Isso é reconhecimento do Governo do Estado aos artistas do interior de Alagoas", destacou o artesão, agradecendo ao governador pela homenagem. Renan Filho fez questão de visitar o ateliê de João das Alagoas, após a solenidade, acompanhado do prefeito de Capela e do secretário Rafael Brito.

 

"O João das Alagoas é umas das principais referências da nossa arte popular. A obra no ateliê vai ajudar a gerar emprego, renda e dar autonomia financeira às pessoas daqui", acrescentou Renan Filho.

 Cestas

O governador fez, ainda, a entrega de cestas nutricionais durante a solenidade. O fornecimento acontece por meio do Programa Estadual de Complementação Alimentar e Nutricional para Gestantes, Nutrizes e Crianças em Situação de Vulnerabilidade Social, lançado em Capela nesta terça-feira. Por mês, são distribuídas 25 mil cestas em Alagoas.

 

Participaram, ainda, da solenidade o deputado estadual Edval Gaia; o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley; o prefeito de Paulo Jacinto, Marcos Lisboa; de Viçosa; Davi Brandão, secretários municipais, vereadores, dentre outras autoridades.

Ações do documento