Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Música eleva autoestima dos servidores da Secretaria de Planejamento
03/09/2016 - 14h55m

Música eleva autoestima dos servidores da Secretaria de Planejamento

Coral Encanta Seplag é um dos projetos mais procurados pelos colaboradores da pasta

Música eleva autoestima dos servidores da Secretaria de Planejamento

Coral Encanta Seplag tem um papel fundamental no processo de integração entre os servidores (Foto: Ascom/Seplag)

Texto de Igor Gouveia

Quem ouve a servidora Edilene Siqueira cantarolar nos corredores da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), não imagina que os versos cantados são, na verdade, pequenas amostras dos ensaios de um grupo que, há oito anos, encanta, literalmente, servidores e pessoas que podem ouvir as melodias.

 

Entre sons, cânticos e muita animação, o Coral Encanta Seplag tem um papel fundamental no processo de integração entre os servidores. Participante desde a criação do grupo, Edilene, há mais de 30 anos na administração pública, é firme ao dizer que o coral possui um papel fundamental em sua trajetória profissional dentro do serviço público.

 

“Acredito que entre as minhas melhores lembranças, o Coral, sem dúvidas, está entre elas. É sempre muito bom poder me reunir com colegas para cantar. Já conseguimos realizar diversas apresentações e, em todas elas, somos sempre aplaudidos e reconhecidos. É uma válvula de escape para vários problemas. Minha saúde, por exemplo, melhorou. Hoje vivo de forma mais tranquila, mesmo com a correria do dia a dia, e acho que o Encanta tem muita relação com isso”, conta a servidora.

 

Criado com o intuito de proporcionar mais interação entre os funcionários que compõem a Seplag, o Coral proporciona, segundo a supervisora da Superintendência de Valorização das Pessoas (SVP), Dayane Lessa, uma aproximação fundamental para a melhoria de vida dos colaboradores, além de permitir uma difusão cultural bastante significativa entre os participantes.

 

“Acreditamos que o canto é um instrumento de integração e, por isso, temos trabalhado tanto nesse ponto. Os servidores se sentem bem ao participar dos ensaios, pois lá eles podem partilhar experiências e, principalmente, difundir a cultura por meio da música”, explica Dayane Lessa.

 

Outra servidora que também não perde nenhum dos encontros é Ivonete Silva. Para ela, o Encanta se transformou, acima de tudo, em um espaço colaborativo entre os servidores da pasta.

 

“A música tem um lado terapêutico muito positivo para todos. Durante os ensaios conseguimos, inclusive, melhorar a nossa produção e colaborar com melhorias em toda a Secretaria. É sempre um prazer imenso participar com os meus colegas dos ensaios”, diz a servidora.

 

Ensaios

 

O maestro Jailson Natividade afirmou que é muito gratificante poder trabalhar com os servidores. Para ele, o Encanta Seplag é um espaço que colabora para mudanças comportamentais em todos os membros do coral.

 

“A partir desse trabalho, a gente consegue perceber claramente as mudanças atitudinais, comportamentais e também conceituais nos colaboradores. É notável o quanto esse encontro melhora a qualidade de vida deles e influencia também para o aprimoramento das relações interpessoais, seja em casa ou no trabalho. Uma prática como essa só vem a favorecer o servidor”, ressalta o maestro.

 

E se engana quem pensa que o Encanta Seplag só tem reconhecimento dentro da própria pasta. Atualmente, os servidores estão se preparando para participar de uma competição regional de corais que acontecerá nos próximos meses. As expectativas, segundo os participantes, são as melhores possíveis.

 

“Estamos treinando e ensaiando com muita vontade. Já participamos outras vezes e temos certeza que será muito legal cantar com outros corais de todo o Nordeste”, comemora Edilene.

 

Para o secretário titular da Seplag, Christian Teixeira, um ponto muito positivo no incentivo do coral é o fato de não haver destaques individuais. Ele ressalta que todo o trabalho é feito em equipe, o que colabora para a construção de atividades focadas, principalmente, no conjunto.

 

“Vejo com bons olhos a participação dos servidores no coral, pois acredito que ele potencializa muitas coisas dentro de nossa pasta. É gratificante ver os participantes felizes e com a autoestima elevada. Nossa Superintendência de Valorização de Pessoas vem fazendo um trabalho focado nessa questão e isso é positivo para todo o Estado. As apresentações são realmente muito bonitas e sempre é uma felicidade ver os servidores cantando”, conta Teixeira.

Ações do documento