Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias O Mestre Vai À Escola atrai alunos do Cepa para conhecer folguedo alagoano
18/08/2017 - 09h40m

O Mestre Vai À Escola atrai alunos do Cepa para conhecer folguedo alagoano

Ação é parceria entre Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e da Cultura (Secult)

O Mestre Vai À Escola atrai alunos do Cepa para conhecer folguedo alagoano

Ação conta com apresentações do fandango do Pontal da Barra com o Mestre Pacho Foto: José Demétrio e Jaymerson Lima

Texto de Manuella Nobre

Após uma semana inteira de oficinas sobre folguedos populares, estudantes das escolas do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa) ganham, nesta sexta-feira (18), um dia inteiro de atrações culturais alusivas ao mês do folclore nos 200 anos de Alagoas, no pátio da Escola Estadual José da Silva Correia Titara, marcando a culminância do projeto O Mestre Vai À Escola.

 

A ação é uma parceria entre as Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e da Cultura (Secult), por meio do Centro de Artes e Mediações Culturais do Cepa, e conta com apresentações de contações de histórias, pelo grupo Ciranda de História; o fandango do Pontal da Barra com o Mestre Pacho; e o coco de roda Ganga Zumba.

De acordo com o superintendente de políticas educacionais da Seduc, Ricardo Lisboa, é uma prioridade desta gestão o desenvolvimento de políticas educacionais voltadas à promoção e a valorização da cultura alagoana.

 

“Essa foi uma semana rica para nossas escolas por meio desse trabalho desenvolvido em parceria com a Secult, apresentando e discutindo toda riqueza da cultura alagoana com os nossos estudantes”, declara Ricardo.

 

Continuidade – Segundo a coordenadora do projeto, Soraya Coutinho, esta ação percorrerá todo o Estado, abrangendo outras escolas da rede estadual e também municipais, com o objetivo de despertar nos estudantes o interesse e conheçam a cultura popular alagoana.

“Aqui [no Cepa] foram seis escolas contempladas, depois iremos ao Benedito Bentes, para as escolas Rubens Canuto e Marcos Antônio. No dia 21 [de agosto], realizaremos as oficinas e no dia 22, à tarde, teremos a culminância com a apresentação do Pastoril, com a mestra Beretolina, e o Fandando do Pontal. Vamos fazer também nos municípios de Coqueiro Seco, Água Branca e Coruripe”, pontua.

Ações do documento