Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Oficinas culturais buscam reintegrar jovens infratores na sociedade a partir das artes
30/04/2015 - 18h10m

Oficinas culturais buscam reintegrar jovens infratores na sociedade a partir das artes

Projeto Cultura Socioeducativa oferece aulas de artes, músicas e teatro nas unidades de internação

Oficinas culturais buscam reintegrar jovens infratores na sociedade a partir das artes

Oficinas foram idealizadas para garantir uma oportunidade aos jovens socioeducandos de reinserção na sociedade e mudança de vida (Foto: Daniel Borges)

Teresa Machado

Daniel Borges

Jovens que cumprem medidas socioeducativas nas unidades de internação em Alagoas estão tendo a oportunidade de aprender atividades artísticas. A Secretaria de Estado da Cultura deu início, nesta quinta-feira (30), ao Projeto Cultura Socioeducativa, que propõe capacitar e inserir os menores infratores no universo das artes.

“A secretaria está oferecendo a esses adolescentes o conhecimento em atividades artísticas, ao tempo em que oportuniza a reintegração na sociedade através dos cursos”, explicou a secretária Mellina Freitas.

Serão ofertadas oficinas profissionalizantes nas áreas de artes plásticas, cênicas e música. Os reclusos receberão aulas de noções básicas de dança afro brasileira, teatro e desenho e pintura. Inicialmente, os cursos terão duração de três meses e serão ministrados semanalmente.

As turmas são formadas por dez alunos, escolhidos pelo comportamento dentro da Unidade de Internação. “Nós hoje trabalhamos com parceria, seja do setor privado ou público, é uma soma de forças para que os adolescentes tenham um novo momento de vida. Talvez alguns deles possam até ser um grande pintor, artista. Nós vamos caçar de certa forma talentos com essa nova oficina, além de ocupá-los. Estamos honrados com essa parceria com a Secretaria da Cultura”, afirmou a diretora de Educação da UIM, Ludmilla Macedo.

A primeira aula do projeto foi ministrada pelo professor Cristiano de Vasconcelos Oliveira, na oficina de desenho e pintura, durante a qual ele explicou que irá estimular a expressão e criatividade dos jovens. “Não irei ensinar a reproduzir arte. Todos os indivíduos necessitam se expressar, por isso a arte é um importante instrumento para o desenvolvimento emocional e comportamental das pessoas. Essa é a primeira vez que trabalho com jovens reeducandos e irei dar o direcionamento adequado para o desempenho destes jovens”, disse  o professor.

O menor Y.S. teve o primeiro contato com a pintura artística através do curso. “Eu gosto muito de todas as atividades daqui, se fosse possível eu participava de todas. Gostei bastante dessa aula, gosto muito de estudar, pintar”, falou.

O projeto é uma parceria entre a Secretaria da Cultura e a Secretaria de Estado da Defesa Social e Ressocialização.

Ações do documento