Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Oficinas de artesãos do Agreste recebem sinalização nas casas-ateliê
27/06/2017 - 12h15m

Oficinas de artesãos do Agreste recebem sinalização nas casas-ateliê

Ação identifica oficinas dos artesãos como local de produção artesanal alagoana

Texto de Andressa Alves

Técnicos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) finalizaram, nesta terça-feira (27), mais uma etapa de sinalização do projeto Alagoas Feita à Mão. Dessa vez, foram identificadas oficinas dos artesãos do Agreste do Estado, tornando o local marcado para o turista que passar pela região em busca da produção artesanal alagoana.

 

Ao todo, cinco placas de sinalização foram aplicadas. Entre os artesãos contemplados estão a mestra rendeira Maria de Clarice, de São Sebastião, reconhecida como Patrimônio Vivo de Alagoas; os mestres Zezinho, do município de Campo Alegre; Chico Cigano, de Batalha, e as oficinas dos mestres Raimundo e Antônio de Dedé, em Lagoa da Canoa.

 

 

Apesar do falecimento do mestre Antônio de Dedé, no último dia 16, sua casa permanece sendo celeiro de criatividade e talento em produção artesanal por meio de seus filhos, que deram continuidade ao trabalho artístico passado de geração em geração. O mestre artesão será homenageado no Espaço Janete Costa durante a 18ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), realizada entre os dias 6 e 16 de julho, em Olinda.

 

“A ideia do mapeamento e sinalização das oficinas dos artesãos é fazer com que as pessoas encontrem com mais facilidade onde está sendo produzido o genuíno artesanato alagoano. Qualquer profissional que seja considerado artesão, sendo mestre ou não, pode ter as placas de sinalização em suas oficinas”, explica a gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.

 

 

Além da entrega das placas de sinalização, a equipe de coordenação de Arranjos Produtivos Locais (APLs) da Sedetur realizou visitas técnicas em cooperativas e propriedades de agricultura familiar nos municípios de Arapiraca e Taquarana.

Ações do documento