Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Produção literária: Imprensa Oficial divulga lucro de R$ 512 mil em 2015
22/03/2016 - 08h50m

Produção literária: Imprensa Oficial divulga lucro de R$ 512 mil em 2015

Venda de serviços gráficos, ampliação de títulos editados e publicações no Diário Oficial contribuem para o resultado positivo

Produção literária: Imprensa Oficial divulga lucro de R$ 512 mil em 2015

Títulos e obras da Cepal ganharam o mercado alagoano em 2015. Foto: Neno Canuto

Texto de Fernando Coelho

De acordo com o balanço divulgado pelo diretor-presidente Marcos Kummer, a companhia vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) registrou lucro líquido de R$ 512.848, 49, no ano de 2015.

“É um feito e tanto, principalmente quando comparamos com os números deixados pela administração anterior”, comemora o gestor. “Em 2014, o balanço mostrou um prejuízo de quase 300 mil reais. Para ser mais exato: R$ 296. 372,59”, atesta Marcos Kummer.

O aumento na demanda de serviços gráficos, a ampliação de títulos publicados pela editora e as publicações no Diário Oficial contribuíram para o incremento no lucro da Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Contudo, parte significativa do crédito vai para uma reorganização administrativo-financeira na casa. “Apesar de ser um ano de crise e de contenção de gastos. Boa parte do lucro também se deve à redução de despesas”, defende o diretor-presidente.

A lucratividade se reverte em benefício para a população. O investimento na modernização do parque gráfico, com a aquisição de novas máquinas, possibilita o aumento na produção gráfica e na publicação de livros, revistas e títulos diversos. Graças a isso, em 2015, a Imprensa Oficial Graciliano Ramos teve uma atuação destacada no segmento editorial.

Além de lançar novas edições de obras importantes da literatura alagoana – como Ninho de Cobras, de Lêdo Ivo, Maceió de Outrora, de Félix Lima Junior, e João Urso e Outros Contos, de Breno Accioly –, a editora contemplou novos e estreantes escritores do cenário local por meio do Programa de Incentivo à Cultura Literária (PICL) e ampliou a série Coco de Roda, dedicada ao público infantil, com a publicação de seis novas histórias assinadas e ilustradas por autores alagoanos ou radicados no estado. Tudo isso pôde ser comprovado durante a última edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que contou com uma participação expressiva da Imprensa Oficial. 

As novidades continuam para 2016. “Esse ano pretendemos publicar mais, inclusive com obras de acessibilidade para deficientes visuais, como no formato Livro Daisy e em braile. Acabamos de adquirir uma impressora para imprimir em braile. Agora somos a única gráfica de Alagoas que imprime no formato”, explicou o gestor.  

Estão previstas também, até o início do segundo semestre, a abertura de um auditório, uma biblioteca e uma livraria no espaço que abriga a sede da Imprensa Oficial. O próximo edital do PICL será reformulado para contemplar a doação dos títulos escolhidos para bibliotecas públicas.

“Teremos também a realização de um concurso público. No máximo no início do ano que vem vamos fazer o concurso público da Cepal para diversas áreas. Foi inclusive aprovado pelo Conselho de Administração”, adianta o diretor-presidente.

Por fim, para o próximo balanço financeiro, a meta é aumentar a margem de lucro. “E aí, nesse caso, não mais com corte de despesa, mas com o aumento da produção gráfica e de novos produtos a serem lançados”.

Ações do documento