Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Programa Conecta Biblioteca beneficia bibliotecas alagoanas
20/03/2018 - 18h35m

Programa Conecta Biblioteca beneficia bibliotecas alagoanas

Iniciativa faz com que mais bibliotecas sejam incentivadas como espaços multiculturais

Programa Conecta Biblioteca beneficia bibliotecas alagoanas

As Bibliotecas Municipais de Campo Alegre, Quebrangulo, Coruripe, Santana de Ipanema e Lagoa da Canoa estão entre as selecionadas pelo programa

Texto de Júlya Rocha e Daniel Borges

As Bibliotecas Municipais de Campo Alegre, Quebrangulo, Coruripe, Santana de Ipanema e Lagoa da Canoa estão entre as dezenas de bibliotecas públicas de todo o Brasil selecionadas pelo programa Conecta Biblioteca.

 

O resultado é fruto do trabalho realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Alagoas, que visa apoiar e orientar os gestores quanto a dinâmica do equipamento público.

 

No período de seleção, Alagoas dispunha de quatro vagas para participar do programa. Com seis municípios inscritos, mais uma vaga foi disponibilizada para o Estado. “É uma grande oportunidade para Alagoas. Essa conquista mostra o eficiente trabalho que o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Alagoas vem realizando em todo o Estado, fazendo com que mais bibliotecas sejam incentivadas a contribuir com a igualdade social, por meio da literatura”, disse a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas.

 

Os municípios agora fazem parte de uma grande rede de aprendizado e troca de experiências, que terá apoio para a sustentabilidade de suas iniciativas.

 

Conecta Biblioteca

 

Iniciativa da ONG Recode e da Caravan Studios, com patrocínio da Fundação Bill & Melinda Gates e apoio do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) e da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Ministério da Cultura, o Conecta Biblioteca tem o intuito de incentivar a transformação social por meio das bibliotecas públicas. A ideia principal é aproveitar melhor os recursos tecnológicos dos espaços para a promoção de conhecimento e geração de oportunidades, especialmente para os jovens em situação de vulnerabilidade.

 

O programa oferece aos bibliotecários e profissionais desses espaços uma capacitação de dois anos, com módulos presenciais e a distância, em temas como pesquisa da comunidade, gestão participativa, estratégias de comunicação e captação de recursos.

Ações do documento