Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Renan Filho exalta exemplo democrático e fraterno de Zumbi
20/11/2015 - 18h45m

Renan Filho exalta exemplo democrático e fraterno de Zumbi

Governador esteve na Serra da Barriga com o ministro Juca Ferreira, da Cultura

Renan Filho exalta exemplo democrático e fraterno de Zumbi

Governador Renan Filho prestou homenagens ao líder Zumbi. (Foto: Márcio Ferreira)

Texto: Cadu Epifânio

Fotos: Márcio Ferreira 

A Serra da Barriga, em União dos Palmares, foi, nesta sexta-feira, 20, a real representação da miscigenação da raça brasileira. Negros, pardos, brancos, indígenas, católicos, umbandistas e afins exaltaram a memória do líder negro Zumbi dos Palmares. O governador Renan Filho e o ministro da Cultura, Juca Ferreira, estiveram no Parque Memorial Quilombo dos Palmares, e o chefe do Executivo estadual, por sua vez, em nome dos alagoanos, pediu ao ministro que a Fundação Cultural Palmares venha de fato para Alagoas e assim ajude na recuperar do sítio arqueológico local.

Entre rodas de capoeira, danças folclóricas, bênçãos e rituais religiosos, a comemoração pela passagem dos 320 anos da morte de Zumbi dos Palmares reuniu milhares de pessoas que subiram a Serra para exaltar a memória daquele que primeiro gritou pela igualdade entre raças e credos.

Diante das manifestações culturais de diversas vertentes de matrizes africanas, o governador Renan Filho se sentiu muito à vontade ressaltou, sobretudo, o simbolismo que o 20 de novembro representa para Alagoas.

 “Foi aqui que Zumbi fez ecoar os primeiros gritos de liberdade, de maneira que a comunidade alagoana, do Brasil e do mundo, faz referência à Serra da Barriga, União dos Palmares, porque aqui é centro geográfico da disputa saudável pela liberdade e pelo fortalecimento do que, mais na frente, se transformou no que veio a ser a nossa democracia”, destacou o governador. 

Os desejos e intenções do governo estadual, manifestados por Renan Filho, por fim, são o de dar efetividade as ações e manifestações culturais na Serra da Barriga. A secretária de Estado da Cutura, Mellina Freitas, exaltou a prioridade máxima da pasta que administra em dar perenidade a estas ações. “Vamos despertar o sentimento de pertencimento do povo brasileiro com o que representa o símbolo de Zumbi dos Palmares e a Serra da Barriga”, frisou a secretária.

Tudo o que se viu na manhã desta sexta-feira, em Palmares, resumiu o ideário combatido pelo líder negro. Cores, crenças e a musicalidade presentes foram a exaltação da pluralidade e democracia existentes. Tanto, que o ministro Juca Ferreira e o governador, lançaram uma nova marca do Governo Federal que representa toda essa livre escolha de ritos e preferências: A marca dos filhos do Brasil.

 

“A marca representa a liberdade de crença que tanto pregamos”, assim definiu a marca Cida Abreu, presidente da Fundação Cultural Palmares.

Por sua vez, o ministro da Cultura defende que a construção de uma sociedade igualitária e fraterna emana das ideias de Zumbi. “Tudo isso está inserido neste contexto do Brasil que a gente quer. É uma emoção para mim estar aqui na Serra da Barriga. Isso é uma marca do Brasil que a gente quer, o Brasil libertário, rebelde, igualitário”, concluiu Juca Ferreira.

Moção de Repúdio

O governador Renan Filho aproveitou as energias da Serra da Barriga para manifestar seu voto de pesar pelo caso que ocorreu na Marcha das Mulheres Negras, em Brasília-DF, essa semana.

“Em uma atitude arbitrária de simpatizantes de uma coisa ultrapassada como a ditadura militar, sem tolerância, sem reconhecimento pelo direito, eles entraram na marcha e sacaram armas e atiraram para cima. Eles não vão nos intimidar, assim como não intimidaram Zumbi dos Palmares, eles não vão nos intimidar”, concluiu o governador dando o exemplo de tolerância de Zumbi para colher a paz.  

Ações do documento