Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Renata Calheiros visita Semana do Artesão nesta terça-feira (22)
22/03/2016 - 10h15m

Renata Calheiros visita Semana do Artesão nesta terça-feira (22)

Na ocasião, primeira-dama garantiu que o governo está trabalhando em projetos que beneficiem a classe

Renata Calheiros visita Semana do Artesão nesta terça-feira (22)

Primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros, esteve na exposição para ver de perto as obras primas e saber como foi o decorrer da Semana. Foto: Ailton Cruz

Texto de Lívia Holanda

Acontece nesta terça-feira (22), o último dia da Semana do Artesão, promovida pelo Governo de Alagoas por meio das Secretarias de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), da Comunicação (Secom) e da Cultura (Secult) e com apoio do Sebrae-AL. O evento começou quinta-feira (17), no Memorial à República, em Jaraguá.

 

A primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros, esteve na exposição para ver de perto as obras primas e saber como foi o decorrer da Semana. A Sedetur está providenciando o balanço-geral com todos os números do evento, mas Renata garantiu que o saldo foi positivo.

 

“A gente ainda não tem os números precisos, mas a percepção foi muito boa. A visitação superou as expectativas e a comercialização também”, afirmou Renata Calheiros.

 

Diante do sucesso da Semana do Artesão e da importância que o artesanato tem para a imagem do Estado de Alagoas, a primeira-dama garantiu que o governo está trabalhando em projetos para alavancar esta atividade. Está sendo desenvolvida uma identidade visual para ser usada em todas as frentes onde o artesanato se faça presente. A ideia é uniformizar a linguagem para que os espaços sejam mais profissionais, para que a estrutura seja mais adequada para o trabalho dos artistas.

 

“Eu vejo no artesanato um ativo muito forte para o estado, por que ele representa a diversidade e a riqueza da nossa cultura, a força do povo. A forma como ele se manifesta em diversas tipologias. A gente vai do barro à renda, passando pela madeira, pelo ferro. E a gente tem que mostrar isso”, finalizou a primeira-dama.

 

Ações do documento