Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Salão de Artes da Marinha reúne obras de 73 artistas alagoanos
16/12/2016 - 12h05m

Salão de Artes da Marinha reúne obras de 73 artistas alagoanos

Mostra reúne diversas vertentes das artes visuais como esculturas, fotografias, artesanato e pintura até o dia 22 de dezembro, no Centro Cultural de Exposições Ruth Cardoso

Salão de Artes da Marinha reúne obras de 73 artistas alagoanos

A exposição que fica aberta ao público até o dia 22 de dezembro, das 14h às 22h, com entrada franca (Jonathan Lins)

Texto de Camila Guimarães

Quando o marinheiro Osvaldo Cruz decidiu navegar pelos mares das artes, na década de 80, talvez não tivesse ideia de que estaria contribuindo com o mundo artístico de Alagoas. O marinheiro, que também era professor de artes, resolveu montar uma mostra para expor o trabalho de seus alunos e outros artistas convidados. De lá pra cá, 30 anos se passaram e inúmeros artistas fincaram seus nomes nesse navio que ancorou no último dia 7 de dezembro no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. 

 

A 30ª edição do Salão de Artes da Marinha reúne obras de 73 artistas alagoanos em suas variadas vertentes, entre elas esculturas, gravuras, artesanato, arte popular, fotografia e pintura. Para Fredy Correia, curador, a exposição comemorativa busca contar a história desgastada pelo tempo através de novos e antigos elementos que juntos formam uma grande colcha de retalhos.

 

“A mostra sempre contribuiu para oxigenar o mercado, dando oportunidade para novos artistas mostrarem seu trabalho no mesmo espaço que artistas já consagrados, priorizando sempre as obras alagoanas. A curadoria foi pensada de forma que pudéssemos contar a história das pessoas e dos artistas, muito além dos conceitos técnicos das artes”, destaca Correia. 

 

A exposição que fica aberta ao público até o dia 22 de dezembro, das 14h às 22h, com entrada franca, conta a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado (Sedetur) que possibilitou a vinda de diversas obras de artesãos de Alagoas para que pudessem expor seus trabalhos para centenas de visitantes que passarão pela mostra ao longo de 16 dias.

 

A artesã do município de Capela, Nena Laurentino, está com uma peça exposta no salão de artes e destaca a importância de participar de eventos como este para propagar a arte feita à mão de Alagoas. “A parceria com a Sedetur é muito importante porque faz com a gente sempre esteja presente nos eventos, divulgando a nossa arte”, diz.

Ações do documento