Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Secretaria da Cultura celebra 150 anos da Biblioteca Pública Estadual
23/06/2015 - 12h00m

Secretaria da Cultura celebra 150 anos da Biblioteca Pública Estadual

Solenidade contou com a oficialização de documentos e inauguração do acervo do alagoano Carlos Moliterno

Secretaria da Cultura celebra 150 anos da Biblioteca Pública Estadual

Renan Filho confirmou que Estado tem se esforçado para popularizar acesso a leitura. (Foto: Marcio Ferreira)

Texto: Daniel Borges

Fotos: Ailton Cruz


"A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso; a palavra foi feita para dizer", já dizia Graciliano Ramos, alagoano que dá nome a Biblioteca Pública Estadual, que este ano completa 150 anos. Na manhã desta terça-feira (23), a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) deu início as atividades que fazem alusão ao aniversario do prédio histórico.

Durante a solenidade, foram oficializados os documentos de Política de Desenvolvimento de coleções e Critérios de uso e seleção de obras raras, importantes para o desenvolvimento da biblioteca; e inaugurado o acervo do poeta alagoano Carlos Moliterno.

 

 

O governador Renan Filho conheceu as instalações da Biblioteca e gostou do que viu. "Fico muito feliz em vir aqui, ver o zelo e cuidado que os funcionários têm com esse espaço. É um prédio histórico que o alagoano não pode deixar de conhecer. O Governo está trabalhando para que a população possa desfrutar desse prazer que é a leitura", disse.

"O amor que meu pai tinha pela escrita e pelos livros foi um traço muito marcante. Um livro não era só um objeto qualquer, meu pai tinha o prazer de manipulá-los. Este acervo é parte da minha infância, adolescência e vida adulta", disse Carlos Alberto Moliterno, filho do poeta, jornalista e critico literário.

 



A secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, homenageou Francisco Reynaldo Amorim, autor do ABC das Alagoas, obra que reverência a cultura alagoana com mais de 8 mil verbetes, e a diretora do Arquivo Público Wilma Nobrega, pelos serviços realizados a frente do Sistema Estadual de Bibliotecas.

"É com muita satisfação que iniciamos as comemorações de 150 anos da Biblioteca Publica Estadual Graciliano Ramos. Durante a semana, preparamos varias atividades especiais para aproximarmos a sociedade deste equipamento cultural tão importante para o desenvolvimento socioeducativo dos alagoanos”, informou a secretária.

O evento também contou com um recital de trechos de obras de Graciliano Ramos, com Chico de Assis e Paulo Poeta, e apresentações dos patrimônios vivos Jorge Calheiros, João de Lima e Jaçanã.

 



150 anos da Biblioteca

Ao longo da semana, as atividades em comemoração ao aniversário da biblioteca continuam. Na quinta-feira (25), a Praça Dom Pedro II recebe o projeto Cordel & Prosa, recital de poesias, exposição de livros e bate-papo com escritores alagoanos.

Já na sexta-feira (26), a programação retorna para a biblioteca com a inauguração do espaço Confraria Nós, Poetas; projeto Cinemateca, com a exibição do vídeo ‘Graciliano, um brasileiro alagoano’; e uma oficina de livros artesanais.

A Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos está localizada no centro de Maceió e funciona de segunda à sexta, no horário das 9h às 17h, sem intervalo para almoço.

O espaço também conta com atendimento telefônico para agendamento de visitas de grupos turísticos e turmas escolares, pelo número 3315-7877.

Ações do documento