Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Secretaria da Cultura diploma novos mestres como Patrimônios Vivos de Alagoas
30/09/2015 - 11h43m

Secretaria da Cultura diploma novos mestres como Patrimônios Vivos de Alagoas

Diplomação acontece nesta quinta-feira (1º), no Salão de Despachos, no Museu Palácio Floriano Peixoto

Secretaria da Cultura diploma novos mestres como Patrimônios Vivos de Alagoas

São reconhecidos como Patrimônio Vivo do Estado da Alagoas mestres e mestras que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e para a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular de Alagoas (Foto: Adailson Calheiros/A

Daniel Borges

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realiza, na próxima quinta-feira (01), a diplomação dos quatro novos mestres do Registro do Patrimônio Vivo de Alagoas. A solenidade acontece no Salão de Despachos, no Museu Palácio Floriano Peixoto, às 10h.

Lançado em abril, o edital de inscrição no Livro de Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Alagoas (RPV-AL) –  criado pela Lei nº 6.513, de 22 de setembro de 2004 e alterada pela Lei nº 7.172, de 30 de junho de 2010 –  reconheceu como novos Patrimônios Vivos de Alagoas os mestres Antônio dos Santos, 62 anos, artesão em madeira; José Laurentino Sirilo, 86, mestre de Guerreiro ; Zeza do Coco, 60 anos, mestra de Coco de Roda; e Vânia Oliveira, 58, artesã.

São reconhecidos como Patrimônio Vivo do Estado da Alagoas mestres e mestras que detenham os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e para a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular de uma comunidade estabelecida em Alagoas nas áreas de danças e folguedos da cultura popular, literatura oral e/ou escrita, gastronomia, música, artes cênicas, artesanato, dentre outras.

Os novos membros do Patrimônio Vivo passam a receber uma bolsa mensal, no valor de um salário mínimo e meio, como apoio para dar continuidade a suas manifestações culturais.

Ações do documento