Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Secretaria de Cultura entrega 500 livros para bibliotecas públicas do Alto Sertão
23/11/2017 - 06h45m

Secretaria de Cultura entrega 500 livros para bibliotecas públicas do Alto Sertão

Encontro com gestores de bibliotecas debateu ações de incentivo à leitura

Secretaria de Cultura entrega 500 livros para bibliotecas públicas do Alto Sertão

Gestores foram orientados para tornarem as bibliotecas de seus municípios mais participativas na vida da comunidade

Texto de Daniel Borges

Gestores de bibliotecas dos municípios do Alto Sertão alagoano participaram, na tarde desta quinta-feira (23), do V Encontro Regional de Gestores de Bibliotecas Públicas, realizado no município de Mata Grande. O evento foi promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), dentro das ações da 8ª edição do Governo Presente.

 

O encontro foi intermediado pela coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas, Almiraci Dantas, que palestrou sobre Livro, Leitura e Biblioteca. “Orientamos os gestores para que possam tornar as bibliotecas dos seus municípios cada vez mais participativas na vida da comunidade e informar sobre as diversas políticas públicas que vêm sendo adotadas a fim de desenvolver e incentivar o gosto pela leitura”, explicou Mira.

Segundo a secretária de Estado da Cultura em exercício, Rosiane Rodrigues, o encontro é uma forma de aproximar os gestores com as ações desenvolvidas pelo Sistema Estadual de Bibliotecas públicas.

 

“O objetivo principal é fazer o intercâmbio com os municípios, para que possamos trocar experiências e melhorar a qualidade dos serviços prestados pelas bibliotecas municipais”, falou.

 

Foram doados 500 livros para as bibliotecas da região. Um dos espaços beneficiados foi a Biblioteca da Mell, localizada na zona rural da cidade de Mata Grande. ”Fiquei muito feliz com o convite para participar do encontro. É muito importante a realização desse evento na nossa região, que incentiva a leitura e faz com que a gente valorize ainda mais o espaço da gente”, disse a mãe da menina Mell, Alessandra Rocha.

 

Ações do documento