Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Sedetur realiza emissão da Carteira do Artesão no interior do Estado
15/05/2017 - 10h05m

Sedetur realiza emissão da Carteira do Artesão no interior do Estado

Cronograma de ações itinerantes da Secretaria visa regular e desenvolver a atividade artesanal

Sedetur realiza emissão da Carteira do Artesão no interior do Estado

Ações itinerantes visam a regularização e desenvolvimento da atividade artesanal, bem como a profissionalização dos artesãos (Fotos: Itawi Albuquerque)

Texto de Andressa Alves e Cecília Tavares

A Gerência de Design e Artesanato da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) visita os municípios de Penedo e Jequiá da Praia, nesta quarta-feira (17), e Japaratinga e Porto Calvo, no dia 18, para realizar a emissão da Carteira do Artesão.

 

O cronograma de ações itinerantes colabora para a regularização e desenvolvimento da atividade, além de permitir que novos profissionais sejam descobertos e possam emitir a primeira via de sua carteira.

 

 

“A Sedetur tem como objetivo formular ações que promovam a produção artesanal alagoana, contribuindo para a geração de renda e melhoria da qualidade de vida desses profissionais. A carteirinha garante uma série de benefícios para o artesão e ainda o torna apto a participar de feiras nacionais”, explicou a gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.

 

A carteira do artesão garante a isenção do ICMS na emissão de notas fiscais avulsas e maior facilidade para aquisição de maquineta para vendas com cartão. Além disso, portando o documento, o artesão pode se inscrever em editais abertos pela Sedetur para levar seu trabalho para feiras de artesanato em todo o país. Já para participar dos cursos profissionalizantes é preciso procurar o Sebrae/AL, no bairro do Centro, em Maceió.

 

Números

 

De acordo com um último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 8,5 milhões de pessoas trabalham com o artesanato no Brasil. Juntos, estes empreendedores movimentam mais de R$ 50 bilhões por ano.

 

Em Alagoas, temos atualmente 13.300 artesãos registrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab) e 60% destes vivem somente da produção artesanal.

 

O Sicab faz parte do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), uma iniciativa do Governo Federal que integra o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e que, em Alagoas, é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

Ações do documento