Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Teatro Deodoro encerra comemorações dos 105 anos de fundação
16/11/2015 - 11h00m

Teatro Deodoro encerra comemorações dos 105 anos de fundação

Música, exposição e teatro marcaram a programação especial de anivérsário

Teatro Deodoro encerra comemorações dos 105 anos de fundação

Na quarta-feira,11, a Camerata Ero Dictus apresentou o concerto ‘Ero Dictus In Classic’, com entrada franca.

Texto: Regina Martins

Fotos: Adalberto Farias

O Teatro Deodoro encerrou a Semana Comemorativa dos 105 anos de Fundação com o show de Eliezer Setton, ‘Meu Brasil Forrozeiro’, na noite de domingo, 15, marcando uma série de espetáculos de música e teatro, além de uma exposição no Complexo Cultural. 

A Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal) montou uma programação comemorativa que começou na segunda-feira, 9, com a Orquestra Castro Alves (OCA), por meio do projeto Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), a preços populares.

No dia 10, os amantes do teatro puderam conferir ‘A História e as Histórias do Teatro Alagoano’, no Teatro de Arena, com entrada franca. A ‘Conversa Especial’ foi aberta à classe teatral, à imprensa e ao público em geral.

O encontro teve como convidados Homero Cavalcante (professor de teatro da Universidade Federal de Alagoas e teatrólogo), Ivana Isa (atriz e autora alagoana) e David Farias (diretor, ator e professor da Ufal). Os trabalhos foram intermediados por José Márcio Passos e Aline Marta, atores alagoanos.

No mesmo dia, na Galeria do Complexo Cultural Teatro Deodoro, foi aberta a exposição Andeja da artista visual Myrian Almeida. São 30 telas feitas em recortes de tecidos, colados, de cores intensas e vivas, que se comunicam, lembrando as cores da artista plástica mexicana Frida Kahlo.

A exposição ‘Andeja’, uma realização Diteal e Secretaria de Estado da Cultura (Secult), tem dupla curadoria de Viviani Duarte e Rosilvado Reis, e pode ser vista até o dia 12 de dezembro. A visitação acontece das 8h às 18h (segunda, terça, quinta e sexta) e das 8h às 20h (quarta-feira). A entrada é franca.

 Na quarta-feira,11, a Camerata Ero Dictus apresentou o concerto ‘Ero Dictus In Classic’, com entrada franca. O espetáculo foi uma realização do Instituto de Cultura Ero Dictus (Iced) e da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e marcou os quatro anos de fundação da camerata. 

Na quinta, 12, foi a vez de ‘Fritzmac’, com a Associação Joana Gajuru, às 17h, na Praça Deodoro. A companhia levou para a rua a peça de teatro de revista dos irmãos Artur e Aloísio Azevedo. 

Na sexta-feira, 13, em dois espetáculos, a Associação Teatral das Alagoas (ATA) apresentou a peça ‘A Princesinha e o Dragão Malvado’, de Lauro Gomes e Mácleim.

Já no sábado, 14, a programação contou com o show ‘Onde quer que eu vá, Cidade’ de Júnior Almeida e Banda, a preços populares.

E, encerrado a Semana Comemorativa dos 105 anos de Fundação do Teatro Deodoro, no domingo, 15, o cantor e compositor, Eliezer Setton, subiu ao palco do Deodoro para mostrar o ‘Brasil Forrozeiro’. 

Ações do documento