Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Últimos dias para inscrições do Prêmio Mestre Cicinho
19/10/2016 - 12h05m

Últimos dias para inscrições do Prêmio Mestre Cicinho

Certame irá contemplar 20 projetos culturais com mais de R$ 500 mil

Últimos dias para inscrições do Prêmio Mestre Cicinho

Edital irá premiar ainda cinco propostas que promovam a gastronomia do Estado, apoiando profissionais da área (Itawi Albuquerque)

Texto de Daniel Borges e Yasmin Assis

Estão abertas até o dia 4 de novembro as inscrições para o Prêmio Mestre Cicinho, lançado através do segundo edital do Programa de Fomento e Incentivo à Cultura Alagoana (Fica). O certame faz uma homenagem ao Mestre de Guerreiro José Cícero, que faleceu em junho deste ano, e contemplará os segmentos de moda, culinária/gastronomia, produção cultural e artesanato. Ao todo, serão 20 projetos beneficiados com um montante de R$ 520 mil.

 

Podem se inscrever no prêmio pessoas físicas e jurídicas que moram em Alagoas há pelo menos um ano, com comprovada atuação na área cultural e que sejam responsáveis diretos pela elaboração e concepção do projeto.

 

A relação de documentação necessária e os editais completos estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.cultura.al.gov.br/editais-e-concursos/2016/premio-mestre-de-guerreiro-cicinho

 

Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora, composta por especialistas de reconhecido prestígio na área julgada, com autonomia na análise técnica e decisão de seleção quanto ao projeto apresentado.

 

O Fica II tem como objetivo democratizar o acesso a recursos, estimular a produção cultural alagoana e valorizar ações e projetos que resgatem e fomentem as diversas manifestações populares.

 

“A Secult continua investindo na valorização e promoção dos meios culturais alagoanos. Buscamos ouvir cada segmento para alinhar as propostas e oferecer um edital justo para todos”, explica a secretária Mellina Freitas.

 

Os recursos para o desenvolvimento desta ação são oriundos do Fundo de Desenvolvimento de Ações Culturais (FDAC).

 

Artesanato

 

Serão selecionadas seis propostas que promovam a interação da simbologia alagoana (raízes e tradição), apoiando artesãos ou profissionais da área desta cadeia produtiva. Serão investidos R$ 120 mil.

 

Culinária/Gastronomia

O edital irá premiar cinco propostas que promovam a gastronomia do Estado, apoiando profissionais da área. Ao todo, serão investidos R$ 100 mil.

 

Moda

O prêmio contemplará também cinco propostas de coleções e modelos de roupas inéditos. Serão investidos R$ 100 mil.

 

Produção cultural

O Prêmio Mestre de Guerreiro Cicinho apoiará ainda quatro propostas que promovam a produção cultural alagoana. Ao todo, serão investidos R$ 200 mil.

 

Ações do documento